PRF

Engenharia Tecidual Inteligente – uma realidade para os implantes!

Engenharia Tecidual Inteligente – uma realidade para os implantes!

Quem não ficou espantado com as imagens de uma orelha crescendo nas costas de um rato de laboratório? Assim a Engenharia Tecidual Inteligente conseguiu fazer crescer osso e gengiva na Odontologia. Entenda como isso funciona.

ENGENHARIA TECIDUAL INTELIGENTE. O QUE É ISSO? É um jeito de manipular os fatores de crescimento e a arquitetura da cirurgia de forma manter os tecidos estáveis para que osso e gengiva cresçam na posição e local desejados. Tudo produzido pelo próprio paciente!

FATORES DE CRESCIMENTO. São pequenas moléculas no corpo que avisam o que as células devem fazer. Há fatores que mandam chegar mais defesa – os quimiotáticos. Fatores que mandam construir mais vasos sanguíneos para trazer nutrientes para os novos tecidos – a angiogênese. E assim, inúmeros fatores de crescimento concentrados no local vão sinalizando às células o que elas devem fabricar. Aos poucos, novo osso e nova gengiva vão sendo formados.

DE ONDE VÊM OS FATORES DE CRESCIMENTO? Do próprio sangue do paciente, que através de uma técnica específica, já muito estudada pela ciência, é preparado para concentrar esses fatores. São fabricadas várias membranas com esses fatores de crescimento, aplicadas com técnica própria para a obtenção dos resultados. Essas membranas recebem o nome de plasma rico em fibrina (PRF), com inúmeras variações, conforme a necessidade do caso.

PARA QUE CASOS SERVIRIA A ENGENHARIA TECIDUAL INTELIGENTE? Toda vez que um dente é extraído, muito osso é perdido. Ou seja, o osso “murcha” bastante. Colocar um implante e material de enxerto diminui a proporção dessa perda, mas ainda assim, a perda de osso e gengiva é inevitável. A adição de fatores de crescimento pela Engenharia Tecidual Inteligente, é uma técnica extraordinária para fazer crescer mais osso e gengiva no local. O futuro implante, portanto estaria apoiado em muito osso bom, construído pelo próprio corpo!

O FIM DO ENXERTO ÓSSEO. Os enxerto serão substituídos pela Engenharia Tecidual Inteligente, com as vantagens de um resultado muito superior, sem precisar tirar osso de outro lugar. Uma cirurgia menos traumática.

Saiba mais sobre implantes em www.cristinamiura.com.br

 

Posted by Dra. Cristina Miura in Todos, 4076 comments
Extração de dentes? O que há de mais moderno?

Extração de dentes? O que há de mais moderno?

Dente fraturado, cariado, amolecido, dentes do siso, acidentes… por mais que a odontologia tenha avançado, ninguém está livre de precisar de uma extração de dentes. Saiba de antemão, o que há de novo antes de escolher a técnica e o dentista.

NA EXTRAÇÃO DE DENTES, DECIDA SE ESSE DENTE SERÁ SUBSTITUÍDO OU NÃO POR IMPLANTE. Os implantes vão manter a estética e a função mastigatória. E o mais importante: vão impedir que os dentes vizinhos “tombem” ocupando o lugar o dente perdido. Depois que os dentes “tombarem” ou mudarem muito de posição, só mesmo o aparelho ortodôntico para colocar tudo no lugar.

SE VAI SER SUBSTITUÍDO POR UM IMPLANTE, É IMPORTANTE TER OSSO! O método mais atual para isso, chama-se Engenharia Tecidual Inteligente, que faz crescer mais osso e gengiva no lugar do futuro implante. O segundo método mais atual é a colocação do dente no mesmo dia da extração. Parte do osso existente é preservado e um biomaterial de preenchimento diminui a perda de osso e gengiva, tornando o implante estético também. Mas um pouco de perda óssea e gengival já é prevista. A terceira possibilidade é a extração simples, sem colocação de nada – nem implante, nem biomaterial. O encolhimento do osso e da gengiva são previsíveis e um enxerto de osso poderá ser necessário.

ACUPUNTURA E AURICULOTERAPIA PARA UMA EXTRAÇÃO DE DENTES SEM DOR E COM O MÁXIMO DE CONFORTO. São métodos vindos da Medicina Tradicional Chinesa. Modificam de verdade o funcionamento do corpo, como se estimulasse o corpo a liberar seus próprios remédios. Tudo que o corpo precisar num pós operatório como efeito analgésico, anti-inflamatório, antimicrobiano e aceleração da cicatrização, o corpo vai ter. E a quantidade de medicamentos vai ser reduzida.

LASERTERAPIA E FLORAIS DE BACH Após a extração de dentes, a laserterapia tem um efeito que estimula as células que receberam o laser a trabalharem melhor e mais rápido. A cicatrização, portanto, ganha pontos com isso. Além do efeito analgésico. E os Florais (leia post), ajudam muito na tranquilidade, para que seja um procedimento sem traumas.

Posted by Dra. Cristina Miura in Todos, 2223 comments